Gyalwang Drukpa – O maior mestre é aquele que está dentro de nós / The greatest teacher is the one who is within us

“O maior mestre é aquele que está dentro de nós. Assim como as pessoas que lhe podem oferecer orientação genuína na vida, seu guru interior aí está também para ajudá-lo a encontrar o caminho. Você pode chamá-lo de intuição, alma, coração ou bússola interior. Quando o peso das expectativas cai sobre os nossos ombros, não é nada fácil ouvir o mestre interior e saber se o que estamos ouvindo vem realmente do nosso coração ou é fruto de emoções violentas, apegos que controlam nossas ideias e nossos sentimentos. Quando você começa a reconhecer as pessoas que de fato o influenciam positivamente, começa também a conhecer-se e a confiar de novo em si mesmo. Sua autoconfiança natural florescerá e você descobrirá que tudo se torna mais fácil, mesmo nos períodos de grandes desafios –por exemplo, quando se atormenta por ter tomado a decisão “errada”ou cometido erros. Então, perceberá que está mais flexível e pronto a recomeçar, a sacudir a poeira e a ir em frente sem necessidade de se criticar ou recriminar. Quando o ego, que estudaremos no capítulo “Pise de Leve”, toma todas as decisões, a possibilidade de descontrole é bem maior porque o ego pode ser facilmente ferido e acuado. Uma palavra de censura, e o ego entra em desespero ante o horror de não ser perfeito ou se torna agressivo e receoso: “Quem é você para me recriminar?”Já na companhia do seu “guru”interior, muito mais maleável, você consegue realmente dar ouvidos às críticas e, se elas forem justas, aprender uma lição; caso sejam produto da ignorância, deve polidamente ignorá-las!”

– Gyalwang Drukpa

 

“The greatest teacher is the one who is within us, just as the people who can offer you genuine guidance in life, your inner guru is there to help you find the way.You can call it intuition, soul, When the weight of expectations falls on our shoulders, it is not easy to hear the inner master and to know whether what we are hearing really comes from our heart or is the result of violent emotions, attachments that control our ideas and our When you begin to recognize people who do positively influence you, you also begin to know yourself and to trust yourself again. Your natural self-confidence will flourish and you will find that everything becomes easier, even in periods of great Challenges, for example when you are plagued by making the “wrong” decision or made mistakes. Then you will find that you are more flexible and ready to start over again, to shake off dust and To go ahead without criticizing or criticizing. When the ego, which we will study in the “Step of Light” chapter, makes all the decisions, the possibility of uncontrol is much greater because the ego can be easily hurt and trapped. A word of reproach, and the ego goes into despair at the horror of not being perfect or becomes aggressive and fearful: “Who are you to reproach me?” In the company of your inner, much more malleable “guru”, you can Really listen to criticism and, if they are fair, learn a lesson; If they are the product of ignorance, you should politely ignore them! ”
– Gyalwang Drukpa