Rigidez mental – quando sua forma de pensar te impede de crescer / Rigidity mental – when your thinking way prevents grow

Rigidez mental – quando sua forma de pensar te impede de crescer / Rigidity mental – when your thinking way prevents grow

Tales Luciano Duarte

A psicóloga Jennifer Delgado Suárez nos explica os aspectos da rigidez mental.
Albert Einstein disse que “a mente que se abre a uma nova ideia nunca retorna ao seu tamanho original.” No entanto, abrir a mente é um exercício complicado, muito mais do que gostaríamos de admitir.

Na verdade, a rigidez mental já começamos a construir a partir do nascimento. Cada aprendizagem abre novas portas, mas também fecha outras.

À medida que crescemos e formamos nossa própria imagem do mundo, estamos cheios de estereótipos, preconceitos e crenças que são muito difíceis de remover. No entanto, a rigidez mental não se refere apenas às ideias, mas, acima de tudo, a maneira de pensar.

A rigidez mental nos torna prisioneiros, diminui nossa capacidade de adaptação, criatividade, espontaneidade e positividade. Nos prendemos a velhos padrões que nos impedem de crescer intelectualmente e emocionalmente.

Na verdade, as pessoas rígidas mentalmente são aquelas que:

– Pensam que só há um “modo adequado” de fazer as coisas.

– Assumem que a sua perspectiva é a única correta e que o resto está errado.

– Não estão abertas à mudança porque isso assusta-as.

– Se apegam ao passado e recusam se mover.

Mas se alguma coisa caracteriza pessoas com rigidez mental é o desejo de ter razão a todo custo. Elas não percebem que este desejo é extremamente prejudicial porque a possibilidade de estar errado e cometer erros é, justamente, a principal ferramenta de aprendizado e crescimento.

charlieNós não podemos crescer, não podemos realmente assimilar novos conhecimentos, seja a nível intelectual ou emocional, se não nos dermos conta de que o que sabemos ou cremos pode estar errado ou pelo menos insuficiente.Na verdade, uma das principais características das pessoas que têm uma certa flexibilidade mental é  ser capaz de perceber que decisões erradas não são “más decisões”, em última análise, qualquer decisão é boa se for seguida por uma outra decisão de vermos o lado positivo disso.

Flexibilidade mental é justamente saber que qualquer decisão que tomamos, sempre abre diante de nós um mundo de possibilidades.
Portanto, a flexibilidade mental é estarmos dispostos a equivocar-nos, não ter medo dos erros e tentar entender e abraçar as coisas novas ou pontos de vista diferentes dos nossos.

A Rigidez Mental como resistência inconsciente

rigidez_mental1

A pessoa que desenvolve uma maneira muito rígida de pensar, de certa forma, estão se protegendo. De fato, a rigidez mental pode também ser entendida como uma resistência psicológica. Em certo ponto, quando uma ideia vai contra o que você pensa, você experimenta uma sensação estranha que lhe confunde, paralisa e faz com que você feche às razões.

Assim, muitas pessoas simplesmente rejeitam o argumento, sem analisar. No entanto, a boa notícia é que quando isso acontece é porque algo no seu interior se dá conta que há um problema, algo precisa ser resolvido, embora o processo seja doloroso.

De fato, em muitos casos, perceber que algo que você acreditava cegamente por anos não é verdade, ou pelo menos não é toda a verdade,  pode causar uma dor enorme que pode dar lugar a uma crise existencial.

Como Abrir a Caixinha

A boa notícia é que a flexibilidade mental é uma habilidade que pode ser desenvolvida e aprendida.

abridor-de-garrafas-saca-rolhas-veneza

 

1. Concentre-se em suas emoções.
Quando você está tentado a rejeitar completamente uma ideia, observe como você se sente. Se você se sentir desconfortável com o que você ouve, é provável que a rigidez em sua maneira de pensar esconde uma resistência inconsciente.

Pergunte a si mesmo o que tem medo. Se você responder honestamente, irá descobrir muitas coisas. Na verdade, quanto mais medo você sente, mais iluminará essa resistência.

2. Alimente o desejo de crescer.
A curiosidade continua sendo uma das ferramentas mais poderosas que temos à nossa disposição para crescer como pessoas.

Em vez de aceitar as velhas idéias, pergunta-se “por que”. Se começar a questionar tudo que você sempre deu como certo, não só encontrará respostas novas como também descobrirá um novo mundo, muito mais vasto.

3. Desenvolver empatia.
Em alguns casos, você provavelmente não concorde com as idéias, as formas de pensar e atitudes dos outros. No entanto, em vez de rejeitá-los de imediato, tente se colocar no lugar deles para entender de onde vêm esse ponto de vista.

Se você rejeitar o que não sabe ou não gosta, você será a mesma pessoa de antes, mas se você tentar entender o outro, terá caminhado um passo além e crescerá.

4. Abrace os erros.
Ter certa flexibilidade mental significa não ter medo dos erros, significa estar disposto a aproveitar as novas oportunidades, mesmo que isso signifique se equivocar.

Se trata de entender a vida como um contínuo aprendizado, onde cada erro não é um passo atrás, mas sim um passo a frente em nossa evolução, pois nos permite desfazermos velhos padrões já enraizados.

5. Não busque a verdade absoluta.
Toda vez que assumimos uma verdade como um fato imutável, significa que paramos de olhar nessa direção e, portanto, começamos a morrer um pouco todos os dias nessa área. Assim, é importante não se prender a uma única maneira de ver as coisas e manter uma mente aberta.

O mais importante para se livrar da rigidez mental é não buscar a verdade absoluta, simplesmente, porque ela não existe.

Fonte: http://yogui.co/rigidez-mental-quando-sua-forma-de-pensar-te-impede-de-crescer/

 

 

RIGIDITY MENTAL – WHEN YOUR THINKING WAY PREVENTS GROW

Tales Luciano Duarte

Jennifer Delgado Suárez psychologist explains the aspects of mental rigidity.

Albert Einstein said that “the mind that opens to a new idea never returns to its original size.” However, opening the mind is a complicated exercise, much more than we like to admit.

In fact, mental rigidity already started building from birth. Each learning opens new doors, but also closes others.

As we grow and form our own picture of the world, we are full of stereotypes, prejudices and beliefs that are very difficult to remove. However, mental rigidity does not only refer to ideas, but above all, the way of thinking.

The mental rigidity makes us prisoners, diminishes our ability to adapt, creativity, spontaneity and positivity. We cling to old patterns that keep us from growing intellectually and emotionally.

In fact, the rigid mentally are those that:

– I think there is only one “right way” of doing things.
– Assume that your perspective is the correct one and that the rest is wrong.
– They are not open to change because it scares them.
– If you cling to the past and refuse to move.
But if anything characterizes people with mental rigidity is the desire to be right at all costs. They do not realize that this wish is extremely damaging because the possibility of being wrong and making mistakes is precisely the main learning tool and growth.

rigidez_mental3

We can not grow, can not really assimilate new knowledge either intellectual or emotional level, if not we realize that what we know or believe may be wrong or at least insufficient.

In fact, one of the main characteristics of people who have a certain mental flexibility is to be able to realize that wrong decisions are not “bad decisions” ultimately, any decision is good if it is followed by another decision to seeing the positive side of this.

Mental flexibility is precisely know that any decision we make, always opens before us a world of possibilities.

Therefore, mental flexibility is being willing to equivocate us not be afraid of mistakes and try to understand and embrace the new things or different views from ours.

Mental rigidity as unconscious resistance

rigidez_mental1

The person who develops a very rigid way of thinking, in a way, are protecting. In fact, mental rigidity can also be understood as a psychological resistance. At one point, when an idea goes against what you think, you experience a strange feeling that confuses you, paralyzes and makes you close to the reasons.

So many people simply reject the argument without analyzing. However, the good news is that when this happens is because something inside you realize there’s a problem, something needs to be resolved, although the process is painful.

In fact, in many cases, I realize that something that you believe blindly for years is not true, or at least not the whole truth, can cause a huge pain that can lead to an existential crisis.

How Open Canister

The good news is that mental flexibility is a skill that can be developed and learned.

rigidez_mental4

1. Focus on your emotions.

When you are tempted to completely reject the idea, notice how you feel. If you feel uncomfortable with what you hear, it is likely that the stiffness in his way of thinking hides an unconscious resistance.

Ask yourself what you’re afraid. If you answer honestly, you will discover many things. In fact, the more fear you feel, the more brighten this resistance.

2. Feed the desire to grow.

Curiosity remains one of the most powerful tools we have at our disposal to grow as people.

Instead of accepting the old ideas, to ask “why.” If you start to question everything you ever took for granted not only find new answers as well as discover a new world, much wider.

3. Develop empathy.

In some cases, you probably do not agree with the ideas, ways of thinking and attitudes of others. However, rather than reject them immediately, try to put yourself in their shoes to understand where they come from this view.

If you reject what you do not know or do not like, you will be the same person as before, but if you try to understand the other, have walked a step further and grow.

4. Embrace mistakes.

Have a certain mental flexibility means no fear of error, means being willing to seize new opportunities, even if it means being wrong.

It comes to understanding life as a continuous learning where every mistake is not a step, but a step forward in our evolution as it allows us to undo old patterns already rooted.

5. Do not seek the absolute truth.

Every time we take a truth as an immutable fact, it means that we stop looking in that direction and therefore we begin to die a little every day in this area. Thus, it is important not to hold a unique way of seeing things and keep an open mind.

The most important thing to get rid of mental rigidity is not to seek the absolute truth, simply because it does not exist.

Source: http://yogui.co/rigidez-mental-quando-sua-forma-de-pensar-te-impede-de-crescer/

Leave a Reply